Fundo de reserva: você ainda não possui em sua ONG?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Descubra a importância do fundo de reserva para a plena efetividade da sua ONG

Saiba como ter um fundo de reserva na sua ONG de forma estratégica e desfrute dos benefícios dessa decisão

A gente está cansado de saber que, culturalmente, vivemos uma realidade voltada para o imediatismo, seja nas relações de consumo ou com relação às nossas próprias economias.

É comum ver sócios que entendem que os lucros de seus negócios servem para ser divididos entre eles, mês a mês, e quando surge qualquer tipo de imprevisto, é um verdadeiro Deus nos acuda, e, na maioria dos casos, a única solução possível é o endividamento, através de empréstimos.

Quando falamos de ONGs, também existem responsabilidades e obrigações que devem ser vistas como prioridade e, para ter uma plena efetividade, o fundo de reserva é a garantia de que você seja um cumpridor fiel de todos esses pormenores.

Então, após essa breve introdução, abordaremos com mais profundidade a importância do fundo de reserva para a sua ONG, no tópico subsequente.

Fundo de reserva: qual a sua importância?

Não tem como abordar esse assunto sem contextualizar com o atual momento de crise, gerado pela pandemia, sendo que a falta de recursos é uma realidade, e as ONGs que não atuam de forma preventiva, com um fundo de reserva, certamente passaram e estão passando por maus bocados.

Afinal, vivemos em um mundo onde a estabilidade não existe e ninguém está imune aos fatores externos, sendo que hoje é a pandemia e, lá na frente, certamente, algum outro fator também implicará em um cenário de crise econômica, impactando a todos nós.

Então, fica claro que o fundo de reserva precisa ser priorizado, mês a mês, independente se a situação se encontra em normalidade, pois ele é quem garante que a sua ONG esteja segura em momentos de turbulência.

Fundo de reserva na prática

Mesmo em momentos de crise, a sua ONG tem obrigações extras a serem cumpridas, como, por exemplo:

  • Décimo terceiro de funcionários;
  • Férias;
  • FGTS;
  • Multa por demissão;
  • Rescisão;
  • Aviso prévio.

Pois é, toda a segurança financeira necessária para a saúde da sua ONG passa pelo seu compromisso com o fundo de reserva.

E, para que você tenha uma organização efetiva, o ideal é ter uma contabilidade que atue de forma profissional, junto à sua ONG.
1582741984 Vamos Te Contar Todo Os Segredos Para Que Voce Capte Recursos Para Sua Ong Gif - Escritório de Contabilidade em São Paulo | Revicont Contabilidade

Conte com a Revicont!

Conosco, da Revicont, você pode respirar tranquilo em momentos de crise, pois somos especialistas em contabilidade para ONGs, não somente para implantar e consolidar a cultura do fundo de reserva, mas, também, proporcionar uma organização e gestão efetiva de toda a sua contabilidade.

E quando você tem ao seu lado experts no assunto, fica mais fácil ter efetividade e assertividade nas tomadas de decisão.

Portanto, não hesite em nos contatar para tirar todas as suas dúvidas, disponibilizamos um de nossos especialistas para atender você.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Aqui você terá dicas incríveis sobre: contabilidade, finanças, planejamento tributária e empreendedorismo, além de ótimos conteúdos motivacionais. Cadastre-se agora!
Open chat