VENDAS PARA ENTREGA FUTURA

 

Quando se efetua uma venda e a mercadoria é colocada à disposição do comprador que, por mera conveniência, optou por recebê-la posteriormente, caracteriza-se a venda para entrega futura.

Neste caso, deve-se reconhecer a receita de imediato, pois, ao término da operação, o vendedor é considerado um simples depositário, já que a mercadoria objeto da transação foi segregada de seu estoque e não mais lhe pertence.

1. Nota Fiscal

Se a opção foi de emitir nota fiscal para entrega futura CFOP 5.117,será mencionado no documento fiscal, além dos requisitos regulamentares, a expressão "Emissão destinada a simples faturamento".A 1ª e a 3ª via serão remetidas ao comprador. No momento da entrega global ou parcial das mercadorias, o estabe- lecimento vendedor emitirá nota fiscal com destaque do imposto, calculado conforme visto anteriormente,se tributada a operação. Indicará obrigatoriamente como natureza da operação:" Remessa - Entrega Futura" CFOP 5.922 ou 6.922 e, no quadro "Dados Adicionais", campo "Informações Complementares", do documento a seguinte expressão: "Remessa referente à venda para entrega futura conforme nossa NF nº ........., de .../.../..., no valor de R$ ...........".